terça, 15 outubro 2013 16:43

EIXO 4

O Eixo 4 - Desenvolvimento Sustentável das Zonas de Pesca é a nova prioridade do Fundo Europeu das Pescas para o período de 2007-2013, que prevê, para o efeito, um conjunto de medidas que visam apoiar as comunidades piscatórias na criação de condições intrínsecas que conduzam a novas fontes sustentáveis de rendimento e de qualidade de vida, numa perspectiva de desenvolvimento endógeno.

Esta nova perspectiva de intervenção implica uma abordagem local, ou seja, uma abordagem descentralizada, coerente com as especificidades e necessidades de cada região e assente numa estratégia de desenvolvimento sustentável. É neste contexto que surgem os Grupos de Acção Costeira (GAC), constituídos sob a forma de parcerias entre entidades dos sectores público e privado da área costeira de intervenção, a quem compete a implementação de uma estratégia de desenvolvimento sustentável adaptada ao respectivo território.

Em Portugal foram formados sete GAC (Litoral Norte, Região de Aveiro, Mondego Mar, Oeste, Além Tejo, Barlavento do Algarve e Sotavento do Algarve), que são dotados de autonomia administrativa e financeira, assumindo a qualidade de organismo intermédio do PROMAR na selecção, gestão e acompanhamento de projectos em prol das comunidades piscatórias, mais dependentes da pesca. Os destinatários, directos ou indirectos, dos projectos são os profissionais do sector das pescas, suas famílias e as comunidades piscatórias em geral.

 

25/09/2013

GAC ALTO MINHO – SEM CONCURSOS

GAC REGIÃO DE AVEIRO – SEM CONCURSOS

GAC MONDEGO MAR – SEM CONCURSOS

GAC OESTE – SEM CONCURSOS

GAC ALÉM TEJO – SEM CONCURSOS

GAC BARLAVENTO DO ALGARVE – ATÉ 1 DE OUTUBRO

GAC SOTAVENTO DO ALGARVE – SEM CONCURSOS

 

Para mais informações preencha o nosso formulário de contacto ou envie-nos um email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

Menu Incentivos