sexta, 11 outubro 2013 12:03

QREN

qrenlogo

 

QREN - Quadro Estratégico de Referência Nacional

pdf Download do PDF com a apresentação do programa

 

O Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) constitui o enquadramento para a aplicação da política comunitária de coesão económica e social em Portugal no período 2007-2013.

A prossecução dos seus objectivos é assegurada pela concretização de três grandes Agendas Operacionais Temáticas:

• Agenda Operacional para a Valorização do Território.

Visa dotar o país e as suas regiões e sub-regiões de melhores condições de atratividade para o investimento produtivo e de condições de vida para as populações, abrange as intervenções de natureza infraestrutural e de dotação de equipamentos essenciais à qualificação dos territórios e ao reforço da coesão económica, social e territorial.
Áreas de intervenção: Reforço da Conectividade Internacional, das Acessibilidades e da Mobilidade; Proteção e Valorização do Ambiente; Prevenção e Gestão de Riscos; Política de Cidades; Redes de Infraestruturas e Equipamentos para a Coesão Territorial e Social.

• Agenda Operacional para o Potencial Humano;

Visa a promoção das qualificações escolares e profissionais dos portugueses e a promoção do emprego e da inclusão social, bem como as condições para a valorização da igualdade de género e da cidadania plena.
Áreas de intervenção: Qualificação Inicial; Adaptabilidade e Aprendizagem ao Longo da Vida; Gestão e Aperfeiçoamento Profissional; Formação Avançada para a Competitividade; Apoio ao Empreendedorismo e à Transição para a Vida Ativa; Cidadania, Inclusão e Desenvolvimento Social; Promoção da Igualdade de Género.

• Agenda Operacional para os Fatores de Competitividade;

Visa estimular a qualificação do tecido produtivo, por via da inovação, do desenvolvimento tecnológico e do estímulo do empreendedorismo, bem como da melhoria das diversas componentes da envolvente da atividade empresarial, com relevo para a redução dos custos públicos de contexto.
Áreas de intervenção: Estímulos à Produção do Conhecimento e Desenvolvimento Tecnológico; Incentivos à Inovação e Renovação do Modelo Empresarial e do Padrão de Especialização; Instrumentos de Engenharia Financeira para o Financiamento e Partilha de Risco na Inovação; Intervenções Integradas para a Redução dos Custos Públicos de Contexto; Ações Coletivas de Desenvolvimento Empresarial; Estímulos ao Desenvolvimento da Sociedade da Informação; Redes e Infraestruturas de Apoio à Competitividade Regional; Ações Integradas de Valorização Económica dos Territórios menos Competitivos.

Incentivos às Empresas

Tendo presente as características do tecido empresarial nacional e a necessidade de uma actuação especializada face a diferenciados estádios de desenvolvimento e grau de inserção no mercado global, foram criados quatro Sistemas de Incentivos:

 

SI I&DT SI Inovação
SI Qualificação PME SIALM
 
 
 
Para mais informações preencha o nosso formulário de contacto ou envie-nos um email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

Menu Incentivos