Internacionalização via e-commerce

Incentivos > Incentivos Financeiros > Internacionalização via e-commerce

Os apoios à internacionalização do Portugal 2020 já terminaram, no entanto, neste momento o PRR tem um concurso aberto para a “Internacionalização via e-commerce” das empresas.

Beneficiários

Podem candidatar-se as PME, de qualquer natureza ou sob qualquer forma jurídica, que apresentem situação líquida positiva no exercício fiscal de 2021, sendo obrigatória a submissão da Informação Empresarial Simplificada (IES) relativa a esse ano.

Este concurso abrange 2 tipologias:

  • Novas Exportadoras: para projetos assentes em Diagnósticos E-commerce com pontuação igual ou superior a 20 pontos e inferior a 75 pontos;
  • Mais Mercados: para projetos assentes em Diagnósticos E-commerce com pontuação superior a 75 pontos.

Condições de acesso

Realização de um Diagnóstico E-commerce prévio, com uma pontuação final superior a 20 pontos. Este Diagnóstico é realizado pela AICEP, devendo o promotor responder ao formulário da AICEP existente para o efeito e aguardar o resultado e as recomendações desse diagnóstico.

As recomendações deste Diagnóstico deverão ser utilizadas para elaborar um Plano de E-commerce Internacional que define o plano de investimentos da candidatura a apresentar ao concurso “Internacionalização via e-commerce”.

O valor do investimento a realizar depende da tipologia em que o projeto se enquadra:

  • Novas Exportadoras: entre 10.000 € e 25.000 €;
  • Mais Mercados: entre 25.000 € e 85.000 €.

Despesas elegíveis

São elegíveis as despesas com:

  • Equipamentos e software diretamente relacionados com a implementação do projeto.
  • Desenho e implementação de estratégias aplicadas a canais digitais para gestão de mercados, canais, produtos ou segmentos de cliente;
  • User-Centered Design (UX);
  • Desenho, implementação, otimização de plataformas de Web Content Management (WCM), Campaign Management, Customer Relationship Management e E-commerce;
  • Criação de lojas próprias online, inscrição e otimização da presença em marketplaces eletrónicos;
  • Search Engine Optimization (SEO) e Search Engine Advertising (SEA);
  • Social Media Marketing;
  • Content Marketing;
  • Display Advertising;
  • Mobile Marketing;
  • Business Inteligence e Web Analytics;
  • Custos com pessoal técnico diretamente afeto à implementação do projeto, devendo ser evidenciadas as competências/valências em e-commerce e marketing digital e corresponder a um nível mínimo de qualificação VI (QNQ).

Apoio

O apoio corresponde a um subsídio a fundo perdido equivalente a 50% das despesas elegíveis.

Prazos

O investimento tem de ser executado em 12 meses.

As candidaturas abriram a 24 de Agosto e encerram quando for esgotada a dotação orçamental de 4,5 milhões de euros.

Setembro 6, 2022